Quem somos

A Cátedra de Investigação José Saramago foi estabelecida na Universidade de Sofia Sveti Kliment Ohridski em 11 de novembro de 2019, quando o Reitor da Universidade de Sofia Prof. Dr. Anastas Gerdjikov e o Embaixador Luís Faro Ramos, Presidente do Camões – Instituto de Cooperação e da Língua, junto ao Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal, assinaram um protocolo de cooperação interinstitucional promovendo a criação de uma cátedra de investigação do Instituto Camões da Faculdade de Filologias Clássicas e Modernas da Universidade de Sófia.  

A cerimónia de assinatura do protocolo contou com a presença de S. Exa. Sra. Elena de Almeida Coutinho, Embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária da República Portuguesa em Sófia, Prof. Dra. Reneta Bozhankova, Vice-Reitora da Universidade de Sófia, Prof. Dra. Madeleine Danova, Decana da Faculdade de Filologias Clássicas e Modernas, Profa. Dra. Yana Andreeva, Coordenadora da Filologia Portuguesa, Dra. Anaísa Gordino, Diretora do Camões – Sófia e Leitora de Língua e Cultura Portuguesa na Universidade de Sófia.

Como patrono da cátedra foi escolhido o Prémio Nobel de Literatura José Saramago (1922-2010). Sua obra literária é amplamente conhecida na Bulgária e a lusitanística académica, desenvolvida na Universidade de Sófia, tem contribuído significativamente nas últimas décadas para a tradução e os estudos literários da obra de Saramago no país. 

A Cátedra José Saramago junto à Faculdade de Filologias Clássicas e Modernas da Universidade de Sófia desenvolve projetos de ensino e investigação no âmbito da literatura e cultura portuguesa, bem como da literatura dos países lusófonos, da linguística portuguesa e dos estudos da tradução.